segunda-feira, 5 de junho de 2017

PF SABATINA TEMER

PF envia a Temer 84 perguntas sobre áudio com Joesley

A defesa do presidente Michel Temer levou um susto ao receber 84 perguntas da Polícia Federal sobre o áudio de uma conversa de Temer com o empresário Joesley Batista, dono da JBS.
Temer tem 24 horas para prestar os esclarecimentos, mas o ministro Luiz Edson Fachin já disse que o presidente não é obrigado a responder aos questionamentos.
As perguntas fazem parte do inquérito aberto para investigar o presidente em razão do que os delatores da JBS informaram ao Ministério Público Federal.
O presidente passou a ser investigado pelos crimes de corrupção passiva, obstrução de Justiça e organização criminosa.
Desde que se tornaram conhecidas as delações da JBS, Temer tem feito pronunciamentos à imprensa, concedido entrevistas e divulgado notas para rebater todas as acusações. Ele tem dito, por exemplo, que não atuou para beneficiar a empresa junto ao governo.
No Congresso Nacional, parlamentares da oposição e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) apresentaram pedidos de impeachment do presidente nas últimas semanas, mas Temer já afirmou que não vai renunciar ao mandato.
Soube-se, somente agora, que, na noite de 17 de maio, quando estourou a crise política, o presidente pensou seriamente em deixar o governo.

G1

Um comentário:

Anônimo disse...

JOAO, A RUA PRINCIPAL É UM DESFILE DE INFRAÇÕES DE TRANSITO.
UM VERDADEIRO ABSURDO.
NINGUEM RESPEITA NINGUEM, NEM SINAL, NEM LOMBADA.
CADE A GUARDA, AS POLICIAS DE TRANSITO, ETC ?
SE A CIDADE DA BAGUNÇADA, O TRANSITO DA PRINCIPAL É UM BOM RETRATO.
SEIS MESES DE ADMINISTRAÇÃO, E O QUE VEMOS DE MUDANÇA?
NADA. 06 MESES PRA CONSTRUIR UMA OBRA(DA) EM FRENTE AO HOSPITAL PERCILIO.
ESSE GOVERNO JÁ DISSE PRA QUE VEIO PRA NADA.
VAI SER PIOR DO QUE O DE TEREZINHA MELO, PODE ANOTAR.