sexta-feira, 24 de março de 2017

NATAL: ATIRADOR ATINGE PROMOTOR E PROCURADOR

Bastidores do atentado que baleou promotores no MP em Natal

Foto: Reprodução
Um fim de manhã para nunca mais ser esquecido no prédio do Ministério Público em Natal neste dia 24 de março de 2017. Um atentado. Algo inimaginável até então. Um atirador. Um alvo. Tiros, promotores baleados e pânico. Confira abaixo a narrativa de uma testemunha, de identidade preservada, do caso que já ganha repercussão nacional.
 
O atirador
Muito nervoso, o suspeito, em primeiro ato, tentou entregar um suposto documento, mas acabou barrado por ser informado que no momento acontecia uma reunião entre promotores.
Premeditado Na sequência, o atirador forçou a entrada e mirou no procurador-geral de justiça Rinaldo Reis. Na ocasião, errou o disparo, e então abriu fogo contra os promotores. Logo após, empreendeu fuga.
Segundo testemunhas, o suspeito premeditou o crime. Estava muito nervoso e insistiu bastante para entrar no local em que se encontravam os promotores.
Depois Outras pessoas que estavam na sala, nesse momento, em pânico, foram orientadas a permanecer no local para evitar tumulto e facilitar o socorro das vítimas.

Nenhum comentário: