terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

RECEBEM PROPINA E SE CALAM

R$ 13 milhões investigados

 
Douglas Pereira/UOL
Uma empresa de call center, com sede em Porto Alegre e ligada ao ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, recebeu R$ 13 milhões de uma estatal por meio de contratos que são investigados.

Auditoria do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul indica irregularidades no pagamento de serviços que não foram prestados e uma lentidão para realizar nova licitação. A assessoria de imprensa de Padilha disse que não vai falar sobre o caso.

Nenhum comentário: