quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

LAGARTO FÊMEA VIRA MACHO E DESENVOLVE TESTÍCULOS APÓS POR OVOS NA AUSTRÁLIA

É um(a) ninja

Um evento extremamente raro e interessante ocorreu no Sea Life Melbourne Aquarium, na Austrália, em meados de dezembro: um dragão da floresta de Boyd deixou de ser fêmea e se tornou macho. Os biólogos da instituição explicam que, além de ser pouco frequente em répteis, esta é a primeira vez que o fenômeno foi observado em um lagarto da espécie.

Segundo os responsáveis pelo aquário, esse dragão em particular reside na zona da floresta tropical do instituto e já havia acasalado com um macho e posto ovos. Após o evento, entretanto, a equipe percebeu que a fêmea começou a desenvolver características masculinas, incluindo uma crista mais pronunciada, coloração amarela e, finalmente, deixou de botar ovos.

“Depois dessas mudanças, também notamos um salto significativo de crescimento e aumento de peso. Como é extremamente incomum encontrar répteis em transição, decidimos trazer uma máquina de ultrassom para descobrir exatamente o que estava acontecendo”, disse Tom Fair, aquarista do instituto, em comunicado.

Os biólogos realizaram um exame de ultrassom para determinar quais órgãos reprodutores estavam presentes e, para sua surpresa, não havia mais tecido ovariano presente. "[Notamos que] testículos maduros haviam se desenvolvido", explicou Fair. "Isso confirmou que uma mudança nos órgãos reprodutivos femininos para masculinos realmente ocorreu contra todas as probabilidades."

O porquê do fenômeno ter ocorrido ainda é um mistério para os cientistas, principalmente porque não se sabe qual a razão para o dragão da floresta de Boyd ter evoluído para ter a habilidade de mudar de sexo. Ainda assim, os estudiosos suspeitam que, no caso do espécime estudado, o motivo seja a retirada do macho do recindo em que o animal se encontrava.

revistagalileu

Nenhum comentário: