quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

COVID-19: PFIZER VAI PRODUZIR VACINA EM PÓ

Pfizer aposta em vacina em pó para facilitar distribuição

A produção de uma vacina em pó se tornou a nova aposta da farmacêutica norte-americana Pfizer e da alemã BioNTech para facilitar a distribuição do imunizante desenvolvido contra a Covid-19.

Atualmente, é necessária uma temperatura de -75 ºC para a versão líquida ser armazenada e transportada, o que virou obstáculo para logística da vacina pelo mundo por necessitar de ultra refrigeradores.

A informação do desenvolvimento do imunizante em pó foi dada na terça-feira (12), pelo CEO da área de ciência da Pfizer, Mikael Dolsten, à revista norte-americana “Barrons”.

O executivo explicou que, com a transformação da vacina em pó, seria possível transportá-la em temperaturas muito mais altas que a atual, facilitando a distribuição e armazenamento em países subdesenvolvidos, com eventuais dificuldades de congelamento do imunizante. A ideia é tornar viável o uso de geladeiras comuns.

Na entrevista, Dolsten afirmou “que a expectativa da empresa é de que a versão em pó esteja disponível no segundo semestre deste ano e substitua integralmente a versão líquida congelada em 2022”.

Vacina contra novas linhagens do vírus

Na entrevista, Dolsten frisou que até a vacina líquida ser transformada em pó, a maioria dos norte-americanos já estará imunizada contra a Covid-19, mas ele ressalta a possibilidade de outra fase de revacinação em razão de novas cepas do coronavírus.

“Acho que o número de mutações que se acumularam neste curto período mostra que é muito razoável supor que em certo tempo – pode ser um ano, dois anos – as vacinas atuais, todas elas, perderão atividade”, acentua.

O executivo acredita que a eficácia de 95% do imunizante desenvolvido pela Pfizer seria moderada contra novas linhagens do vírus.

A empresa atua no desenvolvimento paralelo de versões de vacinas contra novas cepas, seguindo todas as etapas de experimentos científicos.

terrabrasilnoticias

Nenhum comentário: