terça-feira, 3 de novembro de 2020

PERGUNTAR NÃO É TRIBUTÁVEL

 

É do conhecimento de todo mundo e do mundo todo, inclusive da Justiça Eleitoral, que candidatos em disputa de cargos eletivos se não tiver 'papel pintado' não chega onde quer. Inclusive gastando muito mais do que o recomendado pela própria Justiça Eleitoral.

Esses candidatos que disputam eleição com a velha história de que 'não venda seu voto'. 'Não troque seu voto por nada'. 'Quando você vende ou troca seu voto você elege mais um descompromissado com os anseios do povo'. Pior que tudo isso é verdade, mas insistem nessa narrativa mesmo sabendo que o importante para a maioria do eleitor é o 'vio metal' e sem ele não tem 'posse'.

Pergunto:

Nesses tempos do voto 'toma lá da cá', o candidato que insiste nessa ladainha de que 'não venda seu voto', é porque acredita nas suas convicções de convencimento do voto livre para se eleger, ou é 'liseu' mesmo?

Quem tem 'e$trutura' não perde tempo com ladainha. 

Sempre foi assim na minha corrompida Ceará-Mirim!

Nenhum comentário: