quarta-feira, 14 de outubro de 2020

SBT CONTINUA DEMITINDO - AGORA FOI A VEZ DA 'PRAÇA É NOSSA'

SBT demite equipe de produção do humorístico A Praça é Nossa

A crise financeira que atingiu o SBT vem ganhando novos capítulos todos os dias e parece que poucos profissionais sobrarão no canal para contar a história dos quase 40 anos de emissora. Agora é a vez de parte da produção do humorístico A Praça é Nossa a sofrer as consequências.

Depois de vários profissionais, entre eles importantes como Lívia Andrade e Roberto Cabrini, agora foram anunciados os desligamentos de alguns dos nomes internos da atração. De acordo com informações do site TV História, até a produtora mais querida do apresentador Carlos Alberto de Nóbrega perdeu seu emprego.

O programa, que vai ao ar na emissora nas noites de quinta-feira, está sem gravações desde o mês de março, quando a pandemia do novo coronavírus foi anunciada. De lá pra cá, os profissionais envolvidos na produção ficaram praticamente sem afazeres, trabalhando apenas em algumas ocasiões.

Segundo a publicação, o canal avisou para a maioria dos funcionários demitidos que eles serão recontratados no ano que vem, assim que as gravações forem retomadas. Não se sabe, é claro, se isso é apenas uma desculpa ou se realmente existe essa intenção.
Outros profissionais desligados

Ainda de acordo com o TV História, o Triturando, que é um dos programas favoritos de Silvio Santos, também perdeu vários de seus funcionários, que foram desligados. Isso também envolve o Notícias Impressionantes, que é uma espécie de spin-off do vespertino.

Enquanto isso, a apresentadora Christina Rocha vai contra a maré e, diferente de alguns de seus ex-colegas de trabalho, seguirá contratada. Em contrapartida, ela terá que voltar a gravar o Casos de Família. Aos 63 anos, a loira faz parte do grupo de risco.

O que se diz internamente que é cerca de 500 funcionários do SBT devem ser demitidos até o final do mês de dezembro.

metropoles

Nenhum comentário: