segunda-feira, 26 de outubro de 2020

OPINIÃO


 
A vacina chinesa continua sendo uma geradora de polêmicas entre os brasileiros. 

O governador e gerente de vendas da CORONAVAC, João Doria, tem insistido exaustivamente que a 'picada oriental' é o produto final para combater a covid-19.

O STF vai decidir pela obrigatoriedade ou não do brasileiro tomar a vacina, o que evidentemente não deixa de ser uma aberração. Não moro na china e nem na Coreia do norte, países onde o governo administra todos os passos de seus habitantes, dentre outros.

Tenho uma sugestão simples que acabaria de vez com todo esse 'furdunço'.

Caso o STF entenda que somos obrigados a tomar a 'picada oriental' que todos os membros da suprema corte e todo o 'staf' do governo de São Paulo sejam os primeiros a serem atendidos, até como forma de garantir segurança a todos os brasileiros. Depois de passados seis meses ou um ano, se não houvesse mortes ou qualquer efeito colateral grave o resto do país se submeteria a imposição.

Nenhum comentário: