segunda-feira, 5 de outubro de 2020

JORGE OLIVEIRA DEVE SER O NOME DE BOLSONARO PARA MINISTRO DO TCU

Bolsonaro sinaliza que vai indicar Jorge Oliveira para ministro do TCU

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), deve indicar o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, para substituir o ministro José Múcio Monteiro, do Tribunal de Contas da União (TCU). A informação foi confirmada ao Metrópoles por fontes internas do Palácio do Planalto.

Oliveira chegou a ser mencionado como um possível nome para o Supremo Tribunal Federal (STF). Para a vaga de Celso de Mello, no entanto, foi escolhido o desembargador Kassio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

Múcio esteve na sexta-feira (2/10) com Bolsonaro, quando o avisou que se aposentará no dia 31 de dezembro, mas vai protocolar o pedido nesta semana.

O nome de Jorge Oliveira precisa ser aprovado pelo Senado. Primeiro, ele passa por um sabatina na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Em seguida, o nome é avaliado pelos senadores.

O salário bruto de um ministro do TCU, cargo vitalício, é de R$ 37,3 mil mensais. Esse valor não inclui os penduricalhos, como auxílio-alimentação, ressarcimento com gastos de saúde, entre outras vantagens.
Perfil

Oliveira é natural de Brasília. Ele concluiu o ensino médio no Colégio Militar de Brasília, em 1992. Ingressou na Polícia Militar do Distrito Federal em 1993 e chegou ao posto de major, passando para a reserva em 2013, quando iniciou a atuação como advogado.

Além disso, o ministro é formado em direito pelo Instituto de Educação Superior de Brasília (Iesb) e especialista em direito público pelo Instituto Processus. Fez curso de produção de conhecimentos e operações na Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

metropoles

Nenhum comentário: