sábado, 19 de setembro de 2020

ADVOGADO TEM R$ 237 MILHÕES BLOQUEADOS POR BRETAS

Bretas bloqueia R$ 237 milhões do advogado Cristiano Zanin

O juiz Marcelo Bretas decretou o bloqueio de até R$ 237,3 milhões em bens de Cristiano Zanin, advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e de seu escritório de advocacia com Roberto Teixeira.

Segundo o site O Antagonista, a medida foi determinada em uma operação que apura desvios de pelo menos R$ 151 milhões da Fecomércio do Rio de Janeiro para bancas de advocacia que vendiam a Orlando Diniz influência junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Tribunal de Contas da União (TCU).

– Nada mais coerente que designar o montante da reparação tomando por base os valores, em tese, recebidos por cada advogado (escritório) nas supostas contratações irregulares efetivas pela Fecomércio, bem como aqueles repassados indevidamente a sujeitos responsáveis, em tese, por influenciar em julgamentos no STJ e TCU – destacou o magistrado, em sua decisão.

A determinação de Bretas tem o objetivo de ressarcir a Fecomércio, o Sesc e o Senac do Rio, que eram controlados por Diniz e de onde saíram a maior parte dos recursos, conforme apontou a operação Lava Jato do Rio, no Ministério Público Federal.

O juiz também ordenou o bloqueio de mais R$ 546,8 milhões de outros 22 advogados beneficiados pelo esquema.

pleno.news

Nenhum comentário: