terça-feira, 15 de setembro de 2020

A PALAVRA DE DEUS PARA ESTA TERÇA (15) - POR PADRE BIANOR JR.

Padre Bianor Jr.

"Junto à cruz de Jesus estavam sua mãe, a irmã de sua mãe, Maria de Cléofas, e Maria Madalena"
Jo 19, 25 - 27

Irmãos e irmãs,

A celebração litúrgica das sete dores da Virgem foi acolhida no Calendário romana pelo Papa Pio VII ( séc. XVII).

Pio X fixou a data definitiva para 15 de setembro, conservada no atual calendário litúrgico que mudou o título da festa: de sete dores de Maria, para Nossa Senhora das Dores.

A "paixão" de Maria se concentra na cena em que ela está de pé junto à cruz de seu filho.

María, durante toda a sua vida, com seu coração de mãe, conheceu e experimentou o sofrimento ao ver seu Filho rejeitado pelos adversários.

A devoção popular enumerou os principais momentos dolorosos de Maria, suas Sete Dores:

1 - A profecia de Simeão;
2 - A fuga para o Egito;
3 - A perda de Jesus;
4 - O caminho para o calvário;
5 - A crucificação;
6 - A deposição da cruz;
7 - O sepultamento de Jesus.

Nossa senhora das Dores, roga por nós ao fruto do teu ventre e apresenta nossos pedidos para amenizar a dor dos teus filhos de hoje!

Pe Bianor
15/09/2020

Nenhum comentário: