sexta-feira, 28 de agosto de 2020

URGENTE: STJ AFASTA WITZEL, GOVERNADOR DO RIO!

STJ determina afastamento de Wilson Witzel do governo do Rio

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou, nesta sexta-feira (28/8), o afastamento imediato do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), do cargo. O chefe do Executivo estadual é investigado por irregularidades na área da saúde.

A determinação é do ministro Benedito Gonçalves. A Corte também expediu mandados de prisão contra o Pastor Everaldo, presidente do PSC, e Lucas Tristão, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico.

Com o afastamento de Witzel, quem assume o estado de forma temporária é o vice-governador Cláudio Castro (PSC).

Witzel é um dos alvos de operação deflagrada pela Polícia Federal, que mira a cúpula do governo do Rio de Janeiro. Assim como a primeira-dama, Helena Witzel. Além dos mandados de prisão, os agentes cumprem ordem de busca e apreensão no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador.

O afastamento ocorreu após delação premiada do ex-secretário de Saúde do estado Edmar Santos. Ele foi preso em julho deste ano.

Edmar Santos foi exonerado do cargo no dia 17 de maio pelo governador Wilson Witzel, após o Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF) deflagarem a Operação Favorito, para investigar possíveis fraudes na compra de respiradores.

O governador do Rio responde a três inquéritos no STJ, dois deles abertos por solicitação da Procuradoria-Geral da República (PGR). E também enfrenta processo de impeachment na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

As investigações apuram suposto envolvimento de Witzel em desvios de recursos da Saúde durante a pandemia de Covid-19.

metropoles

Nenhum comentário: