terça-feira, 11 de agosto de 2020

'GILMAR NÃO É JUIZ, É UM EMPRESÁRIO' - DIZ O JORNALISTA AUGUSTO NUNES

Augusto Nunes diz que Gilmar “não é juiz, é um empresário”

O jornalista e comentarista Augusto Nunes, crítico ferrenho dos ministros do Supremo Tribunal Federal, ironizou a competência de Gilmar Mendes em julgar a “parcialidade” de outros juízes. Gilmar deu voto confirmando a suspeição do ex-juiz Sergio Moro no julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

– Gilmar julgando se alguém é parcial é uma piada, uma completa piada. Ele é parcialíssimo. Ele muda de ideia sobre o mesmo caso, depende da circunstância. Ele não é juiz. Ele é um empresário que explora a educação no pior sentido – apontou.

E seguiu, fazendo um alerta.

– [Ministros do STF] Estão brincando com coisa perigosa. O povo não tá contente com eles, e eles vão perceber a qualquer momento – declarou.

Atualmente, o julgamento da parcialidade de Sergio Moro no caso de Lula conta com dois votos reconhecendo a suspeição, de Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, e dois negando a interferência, de Edson Fachin e Cármen Lúcia. O voto que irá desempatar o caso é do ministro Celso de Mello. O caso é apreciado pela Segunda Turma do STF e tem como relator Gilmar Mendes.

O Antagonista

Nenhum comentário: