segunda-feira, 31 de agosto de 2020

FUTURO DE WITZEL PODE SER DECIDIDO EM ATÉ DUAS SEMANAS

Alerj deve votar impeachment de Witzel em até 2 semanas

Após o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizar a retomada do processo de impeachment do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, a previsão é de que a Assembleia Legislativa analise o caso em cerca de duas semanas. A informação foi dada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com o veículo, o presidente da Alerj, André Ceciliano, estimou que o relatório do processo seja votado pelo plenário em 15 dias. A Comissão Especial que analisa o impeachment de Witzel deve concluir o documento até o dia 10 de setembro.

Além disso, a Assembleia também tem uma comissão especial para analisar suspeitas de desvio na Saúde do estado durante a pandemia de coronavírus. Um documento deve ser encaminhado pelo colegiado para a comissão de impeachment.

Witzel foi afastado na sexta-feira (28) pelo ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), após uma acusação de corrupção e lavagem de dinheiro. A medida tem validade de 180 dias e pode ser ampliada.

Nenhum comentário: