domingo, 2 de agosto de 2020

CUIDADO: FELIPE NETO ESTÁ PROCESSANDO TODO MUNDO

Chamado de pedófilo e depravado, Felipe Neto vai processar jornalista

Felipe Neto
Felipe Neto não tem dado trégua aos seus advogados. Após mover três processos contra Antônia Fontenelle, agora o influenciador usou o Twitter para confirmar que irá acionar judicialmente Gustavo Victorino, jornalista do programa Pampa Altitudes, da TV Pampa (RS).

Seguidores do youtuber se movimentaram nas redes sociais para viralizar um trecho do programa em que Victorino chama Neto de “pedófilo” e “depravado”. O conteúdo acabou chegando a Neto, que prometeu: “será processado cível e criminalmente.”


Será processado cível e criminalmente. Muito obrigado, Edu.
Edu
@e001
Se esse video chegar no @felipeneto eu dou um doce pra vcs.

Em sua fala, Gustavo Victorino expôs sua opinião sobre Felipe. “Eu trago aqui, seis, sete vídeos deles (irmãos Neto) e duvido que a direção da Pampa deixe eu tocar um deles. Ele é sim, um jeito que prega sexo entre crianças e, na minha opinião, um depravado, um pedófilo e tinha que estar na cadeia”, afirmou o jornalista.

A assessoria de Felipe Neto divulgou o seguinte comunicado para falar sobre as acusações de Gustavo Victorino:

“A assessoria de Felipe Neto informa que todos aqueles que proferirem conteúdo difamatório, criarem ou compartilharem material que o relacione ao cometimento de crimes serão responsabilizados judicialmente, em âmbito cível e criminal. Felipe Neto reafirma a defesa da liberdade de expressão, desde que obedecidos os limites legais. Todos aqueles que cometerem os crimes de calúnia, injúria e difamação, responderão por seus atos.

Ele afirma que não irá se pronunciar publicamente sobre qualquer acusação relacionando sua imagem a crimes, bem como afirmações mentirosas, levianas e irresponsáveis. As medidas tomadas e o desenrolar das mesmas serão realizadas somente através da Justiça, por meio de seus advogados.

Os meios de comunicação não são terra sem lei e há de se ter compromisso e responsabilidade com aquilo que se fala”.

metropoles

Nenhum comentário: