quinta-feira, 27 de agosto de 2020

BOLSONARO DIZ QUE SÓ SERÁ ELOGIADO PELA IMPRENSA QUANDO O BRASIL ESTIVER MAL

Bolsonaro: ‘O dia que eu for elogiado pela imprensa, é porque o Brasil está indo mal’

Durante a inauguração do Alto-Forno 1, na Usiminas, em Ipatinga (MG), o presidente Jair Bolsonaro voltou a fazer críticas à atuação da imprensa. Em discurso nesta quarta-feira (25), ele afirmou que se “for elogiado pela imprensa, pode ter certeza que o Brasil está indo mal”.

A declaração ocorre um dia após a apresentadora Maju Coutinho, da TV Globo, dar esclarecimentos sobre um comentário feito na segunda-feira (24) a respeito do evento Brasil Vencendo a Covid-19, quando afirmou que ninguém do governo havia prestado nenhuma solidariedade aos mortos pela doença.

Durante a edição do Jornal Hoje (JH) desta terça-feira (25), Maju esclareceu que uma médica da Bahia prestou um minuto de silêncio pelos óbitos, o que foi seguido pelo presidente Jair Bolsonaro e pelos presentes.

Em discurso feito pela inauguração do Alto-Forno 1, Bolsonaro lembrou de episódios em que foi criticado pela imprensa.

– O dia que eu for elogiado pela imprensa, pode ter certeza que o Brasil está indo mal. Lamento ter uma imprensa, em grande parte, que se comporta dessa maneira (…) Há poucos meses, tínhamos uma notícia que o presidente americano [Donald Trump] sobretaxaria o nosso aço. A imprensa me criticou. “Amigo do cara, vai taxar o aço”. Eu segurei, quieto, por quase 30 dias. Obviamente conversei com o Trump. Tenho um profundo respeito e admiração por ele. Acabou que 30 dias depois o aço não foi sobretaxado – explicou.


pleno.news

Nenhum comentário: