sexta-feira, 10 de julho de 2020

TJRJ EMITE ALVARÁ DE SOLTURA DE QUEIROZ APÓS DECISÃO DO STJ

Desembargador do TJ do Rio emite alvará de soltura de Queiroz após decisão do STJ

Fabrício Queiroz na casa em que foi preso, em Atibaia

O desembargador Milton Fernandes de Souza, do TJ do Rio, ordenou, no início da tarde de hoje, que seja cumprida a liberação de Fabrício Queiroz. Como se sabe, o presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha, concedeu liminar ao ex-assessor de Flávio Bolsonaro para que sua prisão preventiva seja revertida em domiciliar. A decisão também beneficiou a mulher de Queiroz, Márcia Aguiar. O ofício do STJ validando a liminar foi encaminhado hoje ao TJ do Rio.

Fernandes de Souza determinou que a liberação seja cumprida com urgência. Queiroz foi preso em junho, após decisão do juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal preventiva, num desdobramento da investigação que apura o esquema de "rachadinha" na Alerj.

A expectativa é de que o ex-assessor deixe o Presídio Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8), na Zona Oeste do Rio, ainda hoje.

Nenhum comentário: