terça-feira, 9 de junho de 2020

SEM CONFIANÇA: 'PARECE UM PARTIDO POLÍTICO' - DIZ BOLSONARO SOBRE A OMS

Bolsonaro diz que OMS não transmite confiança: “Parece um partido político”

Bolsonaro com a mão no rostoAo fim da reunião com ministros no Palácio da Alvorada, nesta terça-feira (09/06), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que a Organização Mundial da Saúde (OMS) age como um partido político e está “titubeando” em suas orientações sobre a pandemia do coronavírus.

“A OMS é uma organização que está titubeando, parece mais um partido político”, afirmou. O mandatário brasileiro sinalizou ainda que o governo avalia deixar a entidade após o fim da pandemia.

“Nós sabemos que não tem comprovação de nada no Brasil. Até a hidroxicloroquina não tem comprovação. Se desaconselhou estudos e pesquisas e depois se voltou atrás… Não é à toa que o presidente norte-americano [Donald Trump] deixou de lado aí, deixou de contribuir para a OMS. O Brasil, passada aí essa pandemia, vai pensar se sai ou não, porque não transmite mais confiança”, assinalou o chefe do Executivo.

Bolsonaro ainda apontou que as primeiras orientações passadas pela organização podem ter provocado a morte de muita gente, referindo-se aos sintomas e ao momento de procurar uma unidade de saúde. “Muita gente perdeu a vida, não pelo vírus, mas por ter ficado em casa. Muita gente sentiu dor no peito, mas não foi ao hospital”, criticou.

“Então, essa entidade não ajuda, no meu entender, não é de agora, com a devida responsabilidade que tinha que ter no trato desta questão”, concluiu o presidente.

Nenhum comentário: