sexta-feira, 26 de junho de 2020

FLAMENGO PARTE PARA A BRIGA COM A GLOBO E VAI SEGUIR MEDIDA PROVISÓRIA DE BOLSONARO

Flamengo desafia Globo. Confirma transmissão. E busca patrocinadores

Landim confiante : mandou a diretoria buscar patrocínios para a transmissão
Landim confiante : mandou a diretoria buscar
patrocínios para a transmissão
O Flamengo vai para a briga.

Com a firmeza do departamento jurídico, o presidente Rodolfo Landim autorizou e clube divulgou nota oficial avisando.

Vai seguir a Medida Provisória 984, publicada pelo presidente Jair Bolsonaro, que dá ao clube mandante o direito de transmitir e negociar suas partidas.

O jogo será na quarta-feira, dia 1º de julho, às 21 horas, no Maracanã.

A transmissão será pela internet, no canal do clube carioca no YouTube.

E o Flamengo já busca patrocinadores para o jogo.

Será a primeira partida do clube com o Banco de Brasília como patrocinador master, na camisa do time.

"É um marco para o futebol brasileiro. Com a MP, todos os clubes, além de se fortalecerem, ganhando maior poder de negociação, poderão fazer ações como esta para suas torcidas.

"Estamos trabalhando muito para oferecer uma transmissão de alto nível para todos nossos torcedores, nosso maior patrimônio. Essa transmissão representa a democratização do espetáculo.

"Ficaremos felizes em proporcionar essa alegria à torcida em um momento de tanta adversidade", declara o vice-presidente de Comunicação e Marketing, Gustavo Oliveira.

Para deixar claro que não recuará, Landim já autorizou Oliveira a procurar patrocinadores para a transmissão.

Serão assinados contratos que garantem que o Flamengo mostrará a partida.

A Globo, no entanto, não vai desistir.

A cúpula da emissora lembra que comprou o direito de transmissão do Campeonato Carioca de 2016 a 2024.

Alega que foi antes da existência da MP.

Só que cada vez mais juristas garantem que é uma questão legal hierárquica.

Ou seja, o decreto presidencial se impõe sobre a Lei Pelé.

Pelo menos, por dois meses, quando deve ser apreciado pelos deputados federais e senadores.

O presidente da Federação Carioca de Futebol lava as mãos.

Rubens Lopes não irá tomar partido nesta briga.

Para não ter um inimigo poderoso.

A Globo entrou na justiça exigindo que o jogo não fosse transmitido, exigiu a tutela antecipada, para travar a transmissão.

Não houve vitória da emissora carioca.

O Flamengo teve a liberdade de mostrar as razões pelas quais acredita que pode mostrar o jogo.

A principal é a Medida Provisória.

Em conversa com a diretoria, nesta semana, Landim foi claro.

"Vamos transmitir o jogo.

"Não há como ir contra uma medida provisória do presidente da República."

Por isso autorizou a busca de patrocinadores.

E também de uma tevê.

Aberta ou a cabo.

Porque na internet será a TVFla...

r7

Nenhum comentário: