sábado, 27 de junho de 2020

ALEXANDRE 'DANOS' MORAES QUER R$ 50 MIL DE ROBERTO JEFERSON

Moraes pede R$ 50 mil de danos morais a Roberto Jefferson

Moraes pede R$ 50 mil de danos morais a Roberto JeffersonO presidente do PTB, Roberto Jefferson, recebeu hoje de manhã a notícia de que Alexandre de Moraes quer R$ 50 mil dele por danos morais. O ministro reclama de entrevistas em que o petebista o chama de advogado do PCC.

As entrevistas foram concedidas à CNN Brasil e à Jovem Pan. Nelas, Jefferson disse que o ministro tem “a pior história” e que “não tem qualidade moral” para estar no cargo.

No processo, Alexandre de Moraes chamou a fala de “abjeta”. Ele nega já ter advogado para o PCC ou de seus integrantes.

A ação diz que, nas entrevistas, a única intenção de Roberto Jefferson foi “macular a reputação de Alexandre de Moraes, homem respeitado e admirado em diversos âmbitos, em especial nos campos jurídico e acadêmico”. O processo corre na 2ª Vara Cível de São Paulo.

O presidente do PTB é investigado por Alexandre de Moraes no inquérito das fake news. A acusação é de que ele estimulou ameaças e ofensas aos ministros do Supremo por meio do Twitter.

As entrevistas de Roberto Jefferson citadas no processo foram concedidas no dia 27 de maio, dia em que ocorreram várias diligências de busca e apreensão no inquérito das fake news. E que diversos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro foram atingidos pela investigação.

Alexandre é o relator do inquérito. Foi nesse processo que ele determinou a censura a reportagem da Crusoé que se referia ao ministro Dias Toffoli, o autor da ordem de abertura das investigações.

Nenhum comentário: