quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

ASSASSINADO NO PARAGUAI JORNALISTA BRASILEIRO QUE INVESTIGAVA TRÁFICO

Jornalista brasileiro que investigava tráfico é assassinado no Paraguai

O jornalista brasileiro Lourenço Veras, de 52 anos, conhecido como Léo Veras, foi assassinado a tiros na noite desta quarta-fera (12) na casa onde morava na cidade de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, que faz fronteira do país com o Brasil. Segundo a polícia local, a residência foi invadida por dois homens armados, que dispararam contra o profissional.

Veras era o dono e reportava investigações sobre segurança pública no site Porã News. Nos últimos tempos, investigava o tráfico na fronteira entre Pedro Juan Caballero e Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. Na terça-feira, em sua última matéria, ele noticiou a ação da polícia paraguaia, que destruiu um acampamento e apreendeu drogas na região.

Segundo a Polícia Nacional do Paraguai, Léo Veras estava em sua casa, jantando com a mulher, quando foi vítima de um ataque. De acordo com a corporação, dois homens encapuzados chegaram à casa dele em um Jeep Cherokee branco, entraram no local, que estava com o portão aberto, e direcionaram as armas contra ele. O UOL tentou contato com a companheira, mas ainda não obteve resposta.

O ataque aconteceu por volta de 20h, segundo a polícia. O jornalista ainda tentou correr pelo quintal da casa, mas foi atingido por 12 disparos de pistola 9 milímetros. Ele chegou a ser socorrido e levado a um hospital particular da região, mas não resistiu aos ferimentos.

*Com informações do Uol

Nenhum comentário: