sábado, 12 de outubro de 2019

RESUMO DE NOTÍCIAS



PODER: A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, causou mais uma polêmica neste sábado (12). Segundo ela, o governo de Jair Bolsonaro (PSL) “vai dar tão certo que vamos ficar 4, 8, 12 anos”. “As pessoas me perguntam, mas Damares, já estão falando em reeleição? Sim, estamos precisando de pelo menos 12 anos para cuidar do Brasil”, afirmou a ministra durante o segundo dia da Cpac, conferência conservadora que acontece em São Paulo. 

PSL: O PSL tenta acertar uma reunião de lideranças do partido com o presidente Jair Bolsonaro para tentar debelar a crise que pode resultar na saída do presidente. O senador Major Olímpio (PSL-SP) disse que algumas lideranças vão se reunir no início desta semana com Bolsonaro para pedir uma definição sobre seu futuro no partido. O senador participou da celebração da missa solene da padroeira no Santuário Nacional de Aparecida, na manhã deste sábado – o presidente participaria de outra missa às 16 horas.

NAVIO: O Navio-Patrulha Oceânico “Apa”, subordinado ao Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, no Rio de Janeiro, estará atracado no Porto de Natal no período de 11 a 15 de outubro de 2019. A visitação à cidade de Natal faz parte do roteiro da Operação Grand African Nemo 2019. Durante o período atracado no Porto de Natal, o Navio-Patrulha Oceânico “Apa” estará aberto à visitação pública, nos dias 12 e 13 de outubro, das 14h às 17h.

COLLOR: Alvo de ação da Polícia Federal na sexta-feira, 11, o senador e ex-presidente da República Fernando Collor (PROS-AL) reagiu enfaticamente à Operação Arremate, que realizou buscas em endereços ligados ao parlamentar em Maceió (AL) e em Curitiba (PR). Em nota, Collor se diz "indignado e perplexo" e alega que a operação foi baseada em "irreal suposição".

CRISTO: Erguido em 1931, o Cristo Redentor completa neste feriado de 12 de Outubro 88 anos. Um dos principais símbolos do Rio de Janeiro, a estátua feita em pedra sabão e com 30 metros de altura (38 metros se considerar o pedestal) é desde 2012 considerada Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco, na sigla em inglês).

INSEGURANÇA: O Governo do Estado está contingenciando (não é corte) combustível em carros que atuam na área de segurança pública do RN. Com isso, investigações policiais estão sendo prejudicadas. Quem assegura é presidente do Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol), Nilton Arruda. “Tem viatura parando por contingenciamento de combustível”, declarou.

Nenhum comentário: