sexta-feira, 11 de outubro de 2019

QUEDA DE BRAÇO NO PSL

Bolsonaro confirma que vai pedir auditoria no PSL; Bivar decide retaliar

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que irá pedir uma auditoria em seu partido, o PSL. A informação foi divulgada pelo Estado de S. Paulo nesta sexta-feira, 11. De acordo com o veículo, Bolsonaro convenceu um grupo de deputados do PSL a solicitar à sigla que promova uma auditoria de suas contas para esclarecer como foram usados os recursos públicos recebidos do Fundo Partidário.

Em guerra interna com o presidente nacional da sigla, Luciano Bivar, Bolsonaro teria dito a um militante do partido de Bivar está “queimado pra caramba”. Em retaliação, Bivar disse que o presidente da República já havia decidido sair do PSL. Nos bastidores, haveria uma movimentação de retaliação também ao filho de Bolsonaro, Eduardo. Presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, o deputado pode ser destituído do cargo.

Além disso, Luciano Bivar marcou uma convenção nacional extraordinária do partido para o dia 18 de outubro. A intenção, segundo o Estado, é reduzir a força de bolsonaristas na legenda.

Com informações do Estado de S. Paulo.

Nenhum comentário: