sexta-feira, 16 de agosto de 2019

ABUSO: SE BOLSONARO CORRER O BICHO PEGA, SE FICAR O BICHO COME!

Um probleminha cabuloso

Se Jair Bolsonaro vetasse integralmente a lei do abuso de autoridade, poderia recuperar os índices de aprovação do início do mandato.

Só tem um probleminha cabuloso: na votação de ontem à noite, o governo fechou acordo com líderes partidários para rejeitar os destaques que fossem apresentados. A ordem dos interlocutores do Planalto era mandar a lei direto à sanção.

Nenhum comentário: