terça-feira, 9 de julho de 2019

PSG: LEONARDO QUER PUNIÇÃO PARA NEYMAR

Leonardo admite contato do Barcelona por Neymar, mas adianta: "Não somos vendedores"

Leonardo, diretor esportivo do Paris Saint-Germain — Foto: Reprodução / Site OficialDiretor esportivo do Paris Saint-Germain, Leonardo falou com o jornal "Le Parisien" nesta segunda-feira sobre as expectativas nesse retorno ao cargo de dirigente do clube, mas acabou tendo que responder mais sobre Neymar do que sobre qualquer outro assunto. O brasileiro abriu o jogo: disse que houve "contatos muito superficiais" com o Barcelona, mas que, até o momento, não recebeu propostas oficiais. E reconheceu que a posição do craque e de seu estafe "está clara para todo mundo".

- Nós falamos com o estafe dele também. Todo mundo sabe. A posição dele está clara para todos os envolvidos. Mas uma coisa é concreta hoje: ele ainda tem três anos de contrato conosco. E já que não recebemos nenhuma proposta, não podemos discutir isso - explicou o diretor.

Leonardo comentou, também, a ausência de Neymar na reapresentação da equipe nesta segunda-feira - o PSG divulgou nota dizendo que "tomará medidas apropriadas", enquanto o pai do jogador colocou panos quentes explicando que o clube estava ciente dos compromissos do jogador. O dirigente brasileiro, por sua vez, rebateu a justificativa de Neymar pai e reforçou a possibilidade de uma punição.

- Hoje, 08, (segunda-feira), ele não apareceu na reapresentação. Ele deveria ter chegado, mas não chegou. Mas ele sabia que deveria estar aqui. Nós vamos estudar as medidas que podem ser tomadas como faríamos com qualquer empregado - afirmou ele.

Com informações do ge

Nenhum comentário: