sexta-feira, 17 de maio de 2019

OLAVO DE CARVALHO: "NÃO ME METO MAIS NA POLÍTICA BRASILEIRA"

Vou ficar quietinho e não me meto mais na política brasileira, diz Olavo

Macaque in the treesO escritor Olavo de Carvalho, guru da família Bolsonaro, disse nesta quinta-feira (16) que não fará mais comentários sobre a política brasileira por enquanto.

"O que eu estou fazendo, estou decidindo hoje, é me ausentar temporariamente do debate político nacional, do dia a dia, das miudezas da política, porque se tornou uma coisa absolutamente insustentável", afirmou Olavo durante entrevista em vídeo para o site Crítica Nacional, de perfil simpático ao presidente Jair Bolsonaro.

Crítico da imprensa brasileira e da ala militar do governo, Olavo de Carvalho direciona seus ataques especialmente ao ministro general Carlos Alberto dos Santos Cruz, da Secretaria de Governo, e ao vice-presidente, general Mourão. Para o escritor, eles são um entrave às mudanças sociais propostas pelo bolsonarismo.

Os militares por sua vez, reagiram aos ataques e têm cobrado uma postura mais incisiva do presidente, considerado por eles omisso na disputa. O principal revide veio de Eduardo Villas Bôas, comandante do Exército de 2015 até o começo deste ano, que chamou o escritor de "Trótski de direita", ao criticar o patrono da ala ideológica associando-o ao líder comunista soviético Leon Trótski.

"Eles querem me tirar da parada? Tiraram. Eu vou ficar quietinho agora, não me meto mais na política brasileira. O Brasil escolheu o seu caminho. Escolheu confiar em pessoas que não merecem a sua confiança e agora vai se danar", completou Olavo.

Com informações da Folhapress

Nenhum comentário: