domingo, 10 de fevereiro de 2019

SENADO: MORDOMO DO MDB ERA UM "RABO CHEIO" - CONFIRA

Mordomo do MDB gastou até R$ 201 mil por ano com presidente do Senado

Há 13 anos trabalhando como servidor comissionado no Senado Federal, Francisco Joarez Cordeiro Gomes é considerado o mordomo de luxo da residência oficial da presidência da Casa. Contratado por Renan Calheiros (MDB-AL) ainda na primeira das suas administrações, Gomes foi o homem de confiança dos emedebistas, que se revezaram no poder de 2006 até o início deste ano.

Coube a Francisco Gomes coordenar todos os acontecimentos na mansão. Apesar de ter no contracheque a função de assistente parlamentar sênior – com vencimentos aproximados de R$ 20 mil –, é chamado pelos senadores e servidores de “administrador da residência oficial”. A confiança no funcionário comissionado é tanta que ele tem um dos poucos cartões corporativos do Senado em seu nome, e é ele quem faz toda as compras para o imóvel.

O Metrópoles teve acesso aos extratos dos cartões corporativos do Senado de 2015 a 2018. Nesse período, a residência oficial foi ocupada por Renan Calheiros e por Eunício Oliveira (MDB-CE). Ao longo dos quatro anos, o mordomo gastou exatos R$ 719.270,84 com os cartões, também conhecidos como suprimentos de fundos.

Clique no link abaixo e veja a matéria na íntegra:

Nenhum comentário: