domingo, 10 de fevereiro de 2019

RN: A SAÚDE CONTINUA PEDINDO SOCORRO

Filha de paciente denuncia situação crítica e de abandono no Hospital Tarcísio Maia

Corredores lotados, calor e matagais em áreas próximas ao atendimento de pacientes. Essa é a situação do Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró, na região Oeste do RN. O portalnoar.com.br foi procurado para denunciar o caso. Em imagens cedidas à reportagem, a acompanhante de um paciente de 99 anos, que estava com pneumonia e que foi internado em 31 de janeiro, relatou os cenários encontrados na principal unidade hospitalar do Oeste do RN. O homem não resistiu e faleceu nesse sábado (09).

Na denúncia, Maria Helena mostra pacientes aguardando ou sendo atendidos em macas nos corredores. “É um verdadeiro abandono com a população que precisa dos serviços do SUS. A situação é muito crítica”, narrou.

Ainda de acordo com ela, na chegada ao hospital, o seu pai ficou na maca da ambulância do município de Ipanguaçu, de onde eles partiram em busca do atendimento. “Eu só consegui que ele fosse para a UTI depois de muita briga e com uma medida judicial”, explicou.

Maria Helena ainda criticou a gestão da unidade hospital de Mossoró. “Eu estou velando meu pai neste momento por causa do descaso. Eu sei que a situação dele era complicada, mas ele foi tirado da UTI sem ter condições. Eu vi isso quando ele foi tirado. A direção foi muito rude no atendimento. São vidas humanas que estão sendo tiradas por falta de assistência”, reclamou.

Nenhum comentário: