quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

JORNALISTA DA GLOBO QUERIA MORTE DE POLICIAIS

Para jornalista da Globo, tiroteio só se tivesse morrido policiais

Uma pena que a Rede Globo e seus jornalistas e especialistas não demonstrem a mesma preocupação quando padecem policiais.

É a mais efetiva inversão de valores.

Pelo menos é o que se depreende do comentário da jornalista Eliane Cantanhede, da Globo News.

O questionamento dela para sustentar a tese de que foi chacina e de que não houve tiroteio, é de que do lado do bem, em proteção à sociedade, não morreu ninguém.

Noutras palavras, se tivesse policial morto, estaria tudo bem.

Independente do que ocorreu, a argumentação é insana, medíocre e lamentável.

No twitter, a justificativa foi ainda mais patética, tentando sufocar a repercussão.

Veja abaixo a tuitada.

Nenhum comentário: