sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

AINDA DE LEWANDOWSKI

Funcionário do STF impediu que advogado deixasse aeroporto após desembarque de voo com Lewandowski

O advogado Cristiano Caiado de Acioli contou a O Antagonista que, após o desembarque do voo com Ricardo Lewandowski, foi impedido de deixar o aeroporto de Brasília por um técnico judiciário.

Trata-se de Alexandre Magno Andrade Gorga, designado há três meses como chefe da seção de segurança pessoal de dignitários do STF. Gorga atuou por anos como motorista do ex-ministro Sepúlveda Pertence.

Acioli teve de esperar que a PF chegasse ao local para, então, ser levado à Superintendência regional de Brasília, onde prestou depoimento.

Nenhum comentário: