quarta-feira, 7 de novembro de 2018

MEXICANOS TEM MEDO DE JULGAR O TRAFICANTE "EL CHAPO"

Mais possíveis jurados para julgar "El Chapo" desistem por medo

Mais possíveis jurados para julgar O conjunto de possíveis jurados para o julgamento do chefe do narcotráfico mexicano Joaquin "El Chapo" Guzman continuou a encolher nesta terça-feira, com o corte de duas pessoas que expressaram medo em relação às suas seguranças e de outra que se manifestou como um "fã" do acusado. 

Um total de 10 jurados em potencial foi dispensado do caso durante o segundo dia de seleção do júri no Tribunal Federal do Brooklyn, em Nova York. 
Guzman, de 61, assistiu de uma mesa na corte com seus advogados, vestindo um terno escuro e gravata no lugar da camisa sem gola que vestiu na segunda-feira. 

Guzman já liderou o Cartel de Sinaloa, baseado no Estado mexicano de Sinaloa, que se tornou uma das mais poderosas organizações de tráfico de drogas no mundo. Ele foi extraditado para os Estados Unidos pelo México em 19 de janeiro de 2017, depois de ter fugido de duas prisões mexicanas diferentes, antes de ser novamente capturado. 

Vinte e sete pessoas já foram dispensadas como potenciais jurados até agora, de quase 60 que foram questionadas. Os 12 jurados e seis substitutos eventualmente escolhidos continuarão anônimos e serão acompanhados ao tribunal por agentes federais armados durante o julgamento, que deve durar até quatro meses.

Nenhum comentário: