sexta-feira, 5 de outubro de 2018

JUSTIÇA AUTORIZA AZEREDO DEIXAR CADEIA PARA VOTAR

Justiça autoriza Eduardo Azeredo a sair da prisão para votar

Eduardo Azeredo votará no domingoCondenado a 20 anos no chamado mensalão tucano e preso desde maio passado, o ex-governador Eduardo Azeredo deixará o batalhão do Corpo de Bombeiros, onde cumpre a pena, para votar na eleição do próximo domingo (7).

O pedido foi deferido pelo juiz Marcelo Augusto Lucas Pereira, da Vara de Execuções Penais. O magistrado determinou que o ex-governador seja levado ao local da votação sem uso de algemas, em carro descaracterizado e num horário de pouco movimento eleitoral.

Azeredo também não deverá ser conduzido vestido com o uniforme do sistema prisional e está proibido de conceder entrevista à imprensa. 

Para deferir o pedido de Azeredo, o juiz recorreu ao artigo 15 da Constituição Federal, o qual assegura ao preso provisório o dirieto de votar:

— O sentenciado ainda não foi devidamente julgado, enquadrando-se, pois, na categoria de condenado provisório. (…) Nesse sentido, entendo que a participação social, através do exercício do voto, deve ser garantida.

Nenhum comentário: