domingo, 28 de outubro de 2018

BOLSONARO CRITICA VOTO DE JOAQUIM BARBOSA EM HADDAD

Bolsonaro critica voto de Barbosa: “Se o PT voltar, o Mensalão volta”

ReproduçãoEm nova live no Facebook,o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, conversou com eleitores neste sábado (27/10), véspera da eleição. E iniciou citando o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, que declarou voto em Fernando Haddad. “A gente fica sem entender, né?”, disse o presidenciável. “Se o PT voltar ao poder, essa turma toda, José Dirceu, José Genoíno, todos voltarão e aquele esquema do mensalão que foi desmantelado pelo Barbosa volta ao centro da política brasileira”.

Bolsonaro elogiou o trabalho de Joaquim Barbosa no STF. Ele relembrou que, na ocasião do mensalão, o então relator da ação penal 470 condenou o ex-ministro José Dirceu e o ex-presidente do PT José Genoíno. “E botou na cadeia porque eles mereciam. São pessoas que foram pilhadas com corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e os mais variados crimes”, completou.

O presidenciável voltou a ressaltar que Barbosa, quando da leitura do relatório do caso mensalão, disse que “a base aliada do governo votou de forma unânime com o PT, exceto o senhor Jair Bolsonaro, que era o único que não votava com o PT”.

“Cai mais um mito da esquerdalha, que diz que eu sempre votei com o PT no passado. Seu tivesse votado com o PT, hoje eu não seria um exemplo, seria réu na ação penal conhecida como mensalão”, destacou Bolsonaro. “A verdade está posta, está aí: nunca tive qualquer contato ou afinidade com o PT. Se tivessem estaria sendo processado pelo mensalão”, disse.

Metrópole

Nenhum comentário: