sexta-feira, 21 de setembro de 2018

LEI SECA: COM SAÍDA DE STYVENSON AUTUAÇÕES AUMENTARAM NO RN

Após saída de Styvenson da Lei Seca, autuações crescem quase 30% no RN

O número de motoristas autuados por dirigir após o consumo de álcool no Rio Grande do Norte aumentou 28% em 2017, em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo levantamento feito pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Os números mostram que as blitzes ampliaram os resultados após a saída do capitão da PM Styvenson Valentim – atual candidato ao Senado pela Rede – do comando das operações da Lei Seca, uma ação realizada entre o Detran e a Polícia Militar.

Em 2016, no último ano de atuação de Styvenson à frente das operações, foram registrados 3.015 casos de motoristas autuados por dirigir após o consumo de álcool. Em 2017, o volume total foi de 3.959 autuações.

Enquanto comandava as operações, Styvenson Valentim contabilizou 83 blitzes e 27,5 mil motoristas realizaram teste do bafômetro. Já em 2017, o novo comando somou 41,2 mil condutores averiguados. O número de blitzes foi o dobro do ano anterior: 123.

Atualmente, além de promover ações para coibir motoristas que dirigem sob efeito do álcool, a operação Lei Seca também realiza policiamento ostensivo nas regiões em atua. Em 2018, ainda de acordo com o Detran, já autuou 1.875 mil motoristas até setembro deste ano.

Vale lembrar que ao ser flagrado níveis acima de 0,34 mg/L de álcool no sangue resulta em detenção. O condutor é encaminhado para a delegacia, pode responder a um inquérito e a um processo judicial, com pena prevista de 6 meses a 3 anos de prisão.

Nenhum comentário: