domingo, 23 de setembro de 2018

BRASÍLIA: DEPUTADOS GASTAM COM FORÇA

Em período eleitoral, Câmara gasta R$ 18,7 milhões em cota parlamentar

Michael Melo/MetrópolesA Câmara está em ritmo de eleições desde que os deputados saíram em recesso parlamentar em julho. A partir de então, uma inércia tomou conta da Casa legislativa. Nesse período, o plenário se reuniu 10 vezes para votar projetos, sendo cinco sessões no chamado “esforço concentrado”. Foram aprovadas apenas 12 matérias. E mesmo com a redução das atividades, os gastos dos políticos com cota parlamentar, o cotão, continuam altos justamente durante a campanha eleitoral. Levantamento realizado pelo Metrópoles calculou que a Câmara ressarciu R$ 18,7 milhões nos meses de julho e agosto aos mandatários.

E essa conta deve crescer ainda mais. Os parlamentares podem declarar as despesas até 90 dias depois de terem feito os gastos. A única limitação imposta pela Câmara para o uso da verba indenizatória durante período eleitoral é relativa à divulgação das atividades dos deputados. Nos 120 dias anteriores ao primeiro turno, os políticos não podem utilizar os recursos com publicidade.

Nenhum comentário: