terça-feira, 7 de agosto de 2018

PGR DIZ QUE DESEMBARGADOR COMETEU CRIME FUNCIONAL

Desembargador que mandou soltar Lula cometeu crime funcional, diz PGR

Desembargador que mandou soltar Lula cometeu crime funcional, diz PGRO desembargador Rogerio Favretto, que durante um plantão no Tribunal Federal da 4ª Região (TRF-4) concedeu um habeas corpus ao ex-presidente Lula, no início de julho, contratou o advogado criminal Pierpaolo Bottini.

É que, de acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal “Folha de S. Paulo”, a Procuradoria-Geral da República (PGR) entendeu que Favretto cometeu crime de prevaricação (crime funcional praticado pelo funcionário público contra a administração pública) ao aceitar o pedido de liberação de Lula feito pelos deputados Paulo Pimenta (PT-RS), Wadih Damous (PT-RJ) e Paulo Teixeira (PT-SP).

Na ocasião, o juiz Sérgio Moro estava de férias, mas telefonou para delegados da PF e pediu que não cumprissem a ordem do desembargador plantonista. Em tempo, vale ressaltar que Favretto já foi filiado ao PT.

NOTÍCIAS AO MINUTO

Nenhum comentário: