domingo, 5 de agosto de 2018

MADURO ACUSA EUA POR ATENTADO CONTRA ELE

EUA negam envolvimento em suposto ataque contra Maduro; grupo assume autoria

Resultado de imagem para MADURO E TRUMPO governo dos Estados Unidos negou neste domingo (5) envolvimento no suposto ataque de Drones contra o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, ocorrido no sábado (4), durante um evento militar em Caracas. Maduro disse que o objetivo era matá-lo e acusou os Estados Unidos e a Colômbia de estarem por trás do incidente. Um grupo reivindicou a autoria da ação, mas pairam dúvidas sobre o que realmente ocorreu.

“Eu posso dizer inequivocamente que não há nenhum envolvimento do governo dos EUA nisso tudo”, disse o assessor de segurança nacional dos Estados Unidos, John Bolton, ao “Fox News Sunday” em uma entrevista.

Bolton sugeriu que o próprio governo Maduro poderia estar por trás da explosão. “Poderia ser uma série de coisas, desde um pretexto criado próprio regime de Maduro até algo diferente”, declarou.

Em um discurso transmitido pelos canais de rádio e televisão oficiais, Maduro afirmou logo depois do incidente que os financiadores do que ele chamou de ataque estão na Flórida (EUA) e pediu ajuda ao presidente americano, Donald Trump, para enfrentá-los.

G1

Nenhum comentário: