sexta-feira, 6 de julho de 2018

RN: CHAPAS CONTINUAM INDEFINIDAS

No RN, chapas continuam indefinidas 40 dias antes do início da campanha

Fátima - Carlos Eduardo - RobinsonDe hoje, sexta-feira, 6, a 40 dias, ou seja, dia 16 de agosto, vai começar a campanha eleitoral em todo o Brasil e isso inclui o Rio Grande do Norte, obviamente. A questão é que, apesar de já se estar na chamada “reta final” desse período pré-eleitoral, a indefinição continua em quase todas as chapas dos oito nomes que se intitulam como pré-candidatos ao Governo do RN. E a questão das alianças proporcionais, que vai viabilizar ou não a reeleição de deputados, pode estar motivando isso.

Na chapa encabeçada pelo atual governador Robinson Faria (PSD), o nome do vice deverá vir de algum partido que compõe hoje a base aliada da gestão. A chapa, inclusive, só tem até o momento a definição de um dos nomes para o Senado, que será o ex-senador Geraldo Melo (PSDB). O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT) está mais adiantado: já definiu os dois nomes de senador, Garibaldi Alves Filho (MDB) e Antônio Jácome (PODEMOS), mas falta o nome do vice, que deverá ser indicado pela prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP). As opções para Carlos Eduardo seriam o deputado federal Beto Rosado, o filho de Rosalba que hoje é pré-candidato a deputado estadual, Kadu Ciarlini, e a irmã de Rosalba, ex-deputada estadual Ruth Ciarlini.

Quem também está “estudando nomes” é a senadora Fátima Bezerra, pré-candidata ao Governo pelo PT. Até o momento, ela tem apenas uma companheira de chapa: Zenaide Maia, que disputará o Senado pelo PHS. O vice será indicado pelo PC do B e o outro candidato ao Senado deverá sair do próprio PT. Ao lado, está a pré-candidatura do vice-governador Fábio Dantas (PSB) ao Governo. Buscando apoios ainda, ele tem apenas o nome do ex-presidente da Federação da Agricultura do RN, Zé Vieira, como pré-candidato ao Senado.

Mesma condição está o pré-candidato ao governo pelo Solidariedade, Breno Queiroga, e o nome da Rede Sustentabilidade, Freitas Jr. Eles não têm vice, nem o segundo nome para o Senado. Apenas um pré-candidato a senador: Magnólia Figueiredo, no caso do Solidariedade, e João Napoleão, na Rede.

Nenhum comentário: