sábado, 14 de julho de 2018

INDENIZAÇÃO: COLLOR QUER PENHORA DE BENS DE CIRO FALASTRÃO

Advogados de Collor irão pedir penhora dos bens de Ciro Gomes

No último dia 5, os advogados do senador Fernando Collor, Regina e João Vinicius Manssur, descobriram que nas contas bancárias do presidenciável Ciro Gomes havia 34 253 reais. O valor fica bem aquém dos 366 106 reais necessários para quitar uma indenização por danos morais movida pelo “caçador de marajás”. A guerra entre os dois começou em 1999, quando, em entrevista, Ciro chamou Collor de “playboy safado” e “cheirador de cocaína”.

Na época, o ex-presidente entrou com um processo. Em 2011, o juiz Marcos Bernicchi, da 5ª Vara Cível Central da Capital, deu ganho de causa a ele. Ciro recorreu, mas, em 20 de junho deste ano, o ministro Marco Buzzi, do Superior Tribunal de Justiça, manteve a decisão. “Vamos pedir a penhora dos bens do condenado e não desistiremos até obter a indenização”, garante Manssur. Procurada, a assessoria de Ciro não se pronunciou.

Veja - SP

Nenhum comentário: