sábado, 16 de junho de 2018

COPA DA RÚSSIA: O JUIZ BRASILEIRO TEM SALÁRIO DE MARAJÁ

Juiz brasileiro mantém salário de R$ 25 mil do governo, mesmo na Copa

Alexandre Schneider/Getty Images
Sandro Meira Ricci, único árbitro brasileiro na Copa do Mundo da Rússia, é servidor público e, mesmo estando no Mundial, continua recebendo seu salário integral de R$ 25 mil mensais. A reportagem é do jornal Folha de S. Paulo.

Ele trabalha como analista de comércio exterior no Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, em Brasília. E, mesmo estando ausente, a continuidade de seu pagamento foi garantida por um despacho publicado no Diário Oficial da União. O documento autoriza seu afastamento entre 2 de junho e 17 de julho e não lhe suspende o salário.

Procurado pelo jornal, Ricci disse que não iria comentar a reportagem porque a Fifa não permite o contato dos árbitros com a imprensa.

Ele irá apitar o jogo da Croácia contra a Nigéria neste sábado (16/6). Ricci também atuou como quarto árbitro na partida de abertura da Copa do Mundo, em que a Rússia venceu a Árabia Saudita por 5 a 0.

A Fifa informou que só irá divulgar o valor pago aos árbitros pelo trabalho no Mundial ao final da competição.

Nenhum comentário: