terça-feira, 10 de abril de 2018

PT CONFIRMA CANDIDATURA DE FÁTIMA

PT confirma candidatura de Fátima e divide opiniões quanto a impacto da prisão de Lula
 
Reprodução Jovem Pan NewsApós alguns dias “fora” das questões locais para apoiar o discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em São Bernardo (ABC Paulista), a senadora Fátima Bezerra, do PT, deve retomar em breve os debates sofre a política local e, claro, a pré-candidatura dela ao Governo do Estado. Resta saber, porém, se com a prisão do líder máximo petista, o nome de Fátima na disputa pelo Executivo Estadual seguirá liderando as pesquisas ou se perderá fôlego até outubro. Para o Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Norte, não. Para potenciais adversários, sim. Para cientistas políticos ouvidos pelo Agora RN, “depende”.
Para o PT no RN, o “não” é porque Fátima estaria “além” da imagem do ex-presidente. “A senadora vai ser candidata. As eventuais implicações desse quadro nacional, a gente vai ter que esperar para confirmar. A candidatura tem uma sólida base popular e que goza de uma respeitabilidade que nos torna confiantes de que, a despeito das questões nacionais, será uma candidatura para efetivamente para disputar e ganhar as eleições”, afirmou Júnior Souto, presidente do Diretório Estadual petista.
Souto, inclusive, destacou que, apesar da candidatura de Fátima ser destaque e prioridade para o PT Nacional, já era esperado que não houvesse agenda de Lula no RN. Com isso, a prisão do ex-presidente também não deverá mudar o cronograma a ser estabelecido para o pleito. “Essa possibilidade não estávamos nem cogitando diante dessa turbulência do quadro nacional. Então, não tinha uma agenda previamente pensada, um período de passar. O que nós sabemos é que seria impraticável”, revelou.
Para o cientista político Daniel Menezes, o impacto também não deverá ser tão considerável neste momento porque a popularidade de Fátima não é fruto apenas de Lula. “A questão fundamental neste momento não é Lula, é Temer. É isso que beneficia Fátima aqui, o fato dela estar mais distante de Temer, de governos mal avaliados. Não acho que a prisão de Lula vai atrapalha-la. A princípio. A não ser que tenhamos grandes mudanças. Mas a própria Lava Jato tem dificuldades de enfrentar a prisão do ex-presidente porque ela terá que mostrar que prende todo mundo. Enquanto a Operação não entregar outras cabeças, ficará em cheque para os eleitores de Lula e deixa a base do PT protegida”, avaliou Menezes.



Informações Agora RN

Um comentário:

Ionaldo Lidio Sena de Carvalho Carvalho disse...

Fatima nãooooooooooooooooooooooooooooooooo