sexta-feira, 13 de abril de 2018

GO: JUSTIÇA BLOQUEIA BENS E DINHEIRO DE RELIGIOSOS

Justiça bloqueia bens e até R$ 9 milhões de padres, bispo e “laranjas”

DivulgaçãoA pedido do Ministério Público, a Justiça de Goiás determinou a penhora on-line de até R$ 9 milhões das contas bancárias de nove réus investigados no âmbito da Operação Caifás, que apura desvios de recursos de doações, taxas e serviços prestados por igrejas do Entorno do Distrito Federal. Entre eles, padres e o bispo de Formosa, dom José Ronaldo.
A decisão é do juiz Fernando de Oliveira Samuel, da 2ª Vara Criminal de Formosa. A penhora on-line deve ser feita nas contas bancárias de Antônio Rubens Ferreira, Mário Vieira de Brito, do juiz eclesiástico Tiago Wenceslau de Barros Barbosa Júnior, dom José Ronaldo, de Moacyr Santana, do monsenhor Epitácio Cardozo Pereira, de Guilherme Frederico Magalhães, Waldson José de Melo e Pedro Henrique Costa Augusto. O limite geral é de R$ 1 milhão para cada acusado. 

Nenhum comentário: