quinta-feira, 8 de março de 2018

OPINIÃO - O MST NA GUARARAPES

Resultado de imagem para OPINIAO


Confesso que ainda estou "meio tonto" com essa ocupação do MST na fábrica Guararapes na manhã desta quinta-feira (08). 
Independentemente das posições políticas tomadas ultimamente por seu proprietário essas ações não justificam o ato. Tudo bem, era um movimento de mulheres atuando naquilo a que se propuseram, protestar contra alguma coisa,  mas não entendo porque tentar dificultar outras mulheres verdadeiras TRABALHADORAS de ocuparem os seus lugares no local onde ganham o seu sustento. Pior, tudo com o aval e bençãos de uma senadora que almeja ser governadora do estado. 
Confesso que não entendo que tipo de política é essa onde não fazem e nem deixam os outros fazerem. 
Imaginemos essa fábrica fechando, o MST tem noção de quantas mães e pais de famílias ficarão desempregados? Talvez não tenha porque não sabem o que é trabalho. 
Conheço pessoas decentes que fazem parte deste movimento, mas produzem no quinhão de terra que foi lhes disponibilizado, não saem por aí atrapalhando a vida de quem quer trabalhar. 
Afinal, qual o papel fundamental do MST? Até onde eu saiba é reivindicar terra para trabalhar, mas buscar terra na porta de uma fábrica realmente é inadmissível. 
Senadora, se realmente a senhora deseja ser governadora do estado arranje outra forma de fazer política, atrapalhar a vida de quem trabalha não rende votos, muito pelo contrário, planta-se um sentimento de ojeriza na opinião pública e isso não lhe trará vitória jamais!

Nenhum comentário: