quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

RN: JUSTIÇA PRENDE POLICIAL E SOLTA BANDIDO (INDULTO)

Decisões judiciais sobre salários e PMs viram caso de Sucupira
 
Resultado de imagem para PM E PC RNOs policiais que estão envolvidos em paralisações no Estado impuseram ao Tribunal de Justiça uma derrota desmoralizante.
Foram três decisões envolvidas em polêmica nos últimos dias. Duas delas, dos desembargadores Claudio Santos e Judite Nunes, tratava sobre o fim do movimento dos policiais.
As decisões terminaram não sendo cumpridas. Nesta terça, o comunicado via imprensa de que os policiais começarão a se entregar amanhã, mas não voltam ao trabalho, surpreendeu a todos.
Já o desembargador Cornélio Alves decidiu que o Estado utilizasse recursos de Brasília vinculados a ações específicas, o que foi prontamente derrubado no tribunais federais, antecipando o primeiro constrangimento nacional do Judiciário estadual.
Assistiremos, agora, a outro constrangimento, mas não para o TJ, que estará finalmente vendo sua decisão cumprida sobre a prisão dos PMs.
Será constrangimento para o RN quando ganhar o noticiário do Brasil que policiais estão sendo presos.

Nenhum comentário: