sábado, 13 de janeiro de 2018

RESUMO DE NOTÍCIAS

Resultado de imagem para RESUMO DE NOTICIAS 

MATANÇA: Em 24 horas, a polícia do RN registrou 13 homicídios. Nesta sexta, 12, foram contabilizados quatro mortes – três em Mossoró e uma em Natal. Hoje foram seis ocorrências entre os municípios de Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Mossoró e Ceará-Mirim. Em um dos casos, três pessoas foram assassinadas a tiros dentro de uma casa nas imediações do estádio Teixeirão, em São Miguel do Gostoso. A polícia acredita em execução, uma vez que eles foram mortos à queima-roupa. Dentro da casa foram encontradas cápsulas de espingarda.

DÉCIMO-TERCEIRO: Ao contrário do acordado com os policiais militares e civis, o Governo do Estado ainda não tem data certa para o pagamento do 13º salário de 2017. Durante Termo de Ajustamento (TAG) com os servidores da Segurança, o próprio Governador se comprometeu que o pagamento seria realizado até o dia 30 deste mês com a liberação de empréstimo junto à instituições financeiras. Mas a medida ainda depende de Projeto de Lei que – sequer – foi encaminhado à Assembleia Legislativa, onde precisa ser votado e aprovado.

OPERAÇÃO: A Operação Potiguar III terminou neste sábado (13), quando os 2.800 homens das Forças Armadas deixarão o Rio Grande do Norte. Eles passaram 15 dias em atuação no Estado. Chegaram ao Estado em meio a um caos intenso na Segurança Pública, com policiais paralisados devido ao atraso salarial. A operação foi coordenada pelo Ministério da Defesa.

INSS:Para evitar fraudes no pagamento em benefícios como o acúmulo indevido de auxílios, pensões e aposentadorias, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai reforçar as fiscalizações em 2018. Até 30 de janeiro, será elaborado um plano de ação com metas, prazos e medidas para evitar as irregularidades.

TESTEMUNHAS: Menos de duas semanas depois de enfrentar julgamento no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o ex-presidente Lula será alvo, novamente, de delatores, desta vez no processo em que é acusado de ser dono do Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP). Na primeira semana de fevereiro, sete testemunhas de acusação — todos colaboradores — vão depor ao juiz federal Sérgio Moro no caso que envolve supostas propinas da OAS e da Odebrecht.

SUSPENSE: A agenda da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, prevê uma reunião na próxima segunda-feira, 15, às 10h, com o presidente do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF4), desembargador Federal Thompson Flores.

BOLSONARO: Ao optar pelo PSL, Jair Bolsonaro não definiu apenas o partido no qual se abrigará, mas o estilo de candidato que será. O grupo que negociava sua aproximação com o Patriota pregava um modelo menos radical, mas outra ala venceu a queda de braço. Esta defende uma campanha fechada, com alianças ideológicas e centralizada na internet. A falta de recursos e de tempo de TV serão apresentados como ativos. O deputado só vai voar de avião de carreira e estuda fazer vaquinha virtual.

CEARÁ-MIRIM: Na administração de Marconi Barreto sai a turma do PMG (Pulei, Mas Ganhei) para dar lugar a turma do NPMG (Não Pulei, Mas Ganhei). Mudança radical. Dinamismo da política. será?

Nenhum comentário: