terça-feira, 26 de dezembro de 2017

RN: MUITOS ROUBOS E HOMICÍDIOS SEM POLÍCIA NAS RUAS

RN tem 360 roubos e 50 homicídios registrados na 1ª semana da paralisação militar
 
Arrombamento em loja da Ecológica, no CentroA semana de caos na Segurança Pública do Rio Grande do Norte está rendendo um aumento significativo nos números da criminalidade. De acordo com dados do Observatório de Violência Letal Intencional (OBVIO) e da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed), somente nos últimos sete dias mais de 50 homicídios foram contabilizados no estado, além de 360 roubos. Deste último montante, 163 são relativos apenas à veículos e os demais envolvem outros tipos de crimes contra o patrimônio.
Na última terça-feira, 19, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte deram início a operação Segurança com Segurança, onde cobram melhores condições de trabalho ao Governo do Estado e também reivindica o pagamento dos salários de novembro, que ainda não foram quitados integralmente com a categoria (pouco mais de 60% dos oficiais haviam recebido seus vencimentos até a semana passada). Diante disso, todos estão aquartelados e se negam a realizar o patrulhamento diário nas ruas.
Com o problema, o Governo do RN conseguiu junto ao Ministério da Justiça aumentar o efetivo de homens da Força Nacional no estado. Na semana passada, 70 deles desembarcaram no Rio Grande do Norte e passaram a auxiliar os 120 que já estavam em solo potiguar desde janeiro. Neste momento, apenas os 190 agentes da Força Nacional, em conjunto com o efetivo da Guarda Municipal de Natal, estão cuidando da segurança pública na capital e em toda região metropolitana. Não existe prazo para os militares voltarem às atividades normais.

Nenhum comentário: