quarta-feira, 1 de novembro de 2017

MPRN DENUNCIA PRESIDENTE DO JEEP CLUBE DE JOÃO CÂMARA

MP denuncia dirigentes por morte de policial atropelado em corrida de buggys no RN
 
Vídeo flagrou momento em que André Luis Josuá de Lima, que era policial civil, foi atropelado. Ele não resistiu. (Foto: Reprodução)O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) denunciou o presidente do Jeep Clube de João Câmara, Kleber do Nascimento Pereira, e o diretor de prova, representante da Federação Potiguar de Automobilismo (FPA/RN), Hermanny Humphrey Lima da Costa, por homicídio doloso e omissão no acidente que resultou na morte do policial civil André Luis Josuá de Lima. O fato aconteceu durante uma corrida de buggys realizada no dia 27 de agosto nas dunas de Jacumã, praia do município de Ceará-Mirim, localizado na Grande Natal.
O piloto do buggy que atropelou André Luis Josuá não foi responsabilizado pelo MPRN. A “Corrida nas dunas – Jacumã/RN”, era a segunda etapa do Campeonato nas Dunas, com a participação de buggys tipo gaiola.
Segundo os investigadores, a corrida foi organizada pelo Jeep Clube de João Câmara, representada Kleber do Nascimento Pereira. Foi o clube que obteve autorização da Federação Potiguar de Automobilismo para realizar a prova, conseguiu licença da Prefeitura de Ceará-Mirim, e ainda se articulou junto à Associação dos Barraqueiros da Lagoa de Jacumã para ocupar o espaço da prova.
A Federação Potiguar de Automobilismo (FPARN) designou dois comissários para a corrida, sendo que Hermanny Humphrey Lima da Costa, serviu de diretor de prova. 
 
G1

Nenhum comentário: