quarta-feira, 1 de novembro de 2017

CABRAL FICARÁ SEM CINEMA

Secretaria afirma que vai retirar equipamentos de sala de cinema de presídio onde está Cabral

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral deixa a sede da 7ª Vara da Justiça Federal do Rio de Janeiro, na região central do Rio de Janeiro, após ser interrogado na manhã desta segunda-feira, 10. Cabral está preso desde novembro do ano passado, acusado de chefiar um esquema de corrupção que teria movimentado centenas de milhões de reais. Em maio, o ex-governador foi transferido do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio, para um presídio reformado em Benfica, na zona norte, onde ficava o antigo Batalhão Especial Prisional (BEP) e atualmente abriga detentos com diploma de nível superior ou acusados de não pagamento de pensão. 10/07/2017 (Foto: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO)
A Secretaria de Administração Penitenciária do Rio (Seap) afirmou que vai retirar todo o material de vídeo de uma sala de cinema na cadeia pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte do Rio. É lá onde estão presos o ex-governador Sérgio Cabral e outros envolvidos na Operação Lava Jato.
A secretaria informou ainda que o material foi doado por duas igrejas, que agora negam a doação. A Seap, então, afirma que vai suspender qualquer tipo de doação feito por organizações religiosas para unidades prisionais.
A sala teria uma televisão de 65 polegadas, home theater, aparelho de DVD e 160 filmes. Além de Cabral, está preso no local o ex-secretário estadual de Governo Wilson Carlos de Carvalho, que vai trabalhar na videoteca. 

G1

Nenhum comentário: