sexta-feira, 15 de setembro de 2017

O ANTAGONISTA

Resultado de imagem para o antagonista

* Escolhendo o partido pela camisa
Ronaldinho Gaúcho quer ser candidato ao senado pelo Distrito Federal, informa o blog de Ricardo Noblat.
Um empresário do ex-jogador que cuida do “projeto Senado” foi a Brasília tentar convencer Cristovam Buarque (PPS), que buscará a reeleição, a abrir mão do apoio do PRB.
É que Ronaldinho quer se candidatar pelo partido –o número do PRB é 10, o mesmo da camisa que ele usou pela seleção.

* A única chance de Lula não ser preso
A esta altura, a única chance de Lula não ser preso é se o STF revogar a prisão para condenados em segunda instância.
Isso já está sendo providenciado em Brasília.

* Palocci diz que ministro do STJ foi nomeado para evitar delação de Odebrecht
De acordo com a Veja, nos anexos da sua delação, Antônio Palocci afirma que Marcelo Navarro Dantas teria sido nomeado por Dilma Rousseff para o STJ “depois de se comprometer a libertar o empreiteiro Marcelo Odebrecht, de modo a evitar a sua delação”.
Palocci disse. segundo a revista, que Lula que lhe confirmou o acerto clandestino.
Marcelo Navarro Dantas foi excluído por Rodrigo Janot da denúncia contra Dilma e Lula por obstrução de Justiça.

* MPF quer provas de Palocci
Na segunda-feira (18), o MPF retoma as conversas com Antônio Palocci. A exigência dos procuradores continua sendo a mesma: provas, provas, provas.
Dizer que entregava dinheiro vivo a Lula é importante, mas sem provas acaba sendo apenas uma boa história.

* ‘Pai, quando o senhor vem para casa?’
Deputados mais próximos a Geddel Vieira Lima acreditam que ele vá mesmo abrir a boca logo.
“Ele não vai aguentar um mês. Se um dos filhos (são três) ligar e perguntar ‘pai, quando o senhor vem para casa?’, ele fala na hora”, ouviu o Antagonista de um desses parlamentares.

Nenhum comentário: