sábado, 30 de setembro de 2017

CEARÁ-MIRIM: "GUAPORÉ DAS ARTES"



Estive visitando neste sábado (30) o evento "GUAPORÉ DAS ARTES" que acontece hoje (30) e amanhã (01) no Museu Guaporé em Ceará-Mirim. Com o apoio do movimento alternativo Goto Seco, artistas cearamirinenses lutam pela reabertura do combalido museu que há muito tempo foi abandonado pelo poder público de nossa cidade. Enterraram literalmente um muito da nossa cultura e história.
Guerreiros da qualidade de Ojuara, Rafael, Vilela, Walter, Júlio, Vera e Fátima, artistas jenuinamente cearamirinenses, gritaram pedindo socorro pelo velho museu, e tomamos conhecimento que A ACLA (Academia Cearamirinense de Letras e Artes) também está nessa luta em prol do movimento. 
Uma forte luz acendeu no final do túnel, a Fundação Nilo Pereira que vai ter futuramente como presidente o imortal Gustavo Sobral, parece que vai atender o clamor da cultura da terra do Barão e dar vida ao velho museu. É o que espera os amantes da história, das letras e das artes de nossa cidade.
Nessa visita tive o prazer de rever um amigo da década de setenta, um grande artista plástico que fez comigo o velho "primeiro grau" (ginasial) no querido Colégio de Santa Águeda, o internacional Novenil Barros, gente finíssima e de bom papo. 
VIVA A CULTURA CEARAMIRINENSE!

Um comentário:

Fabio Di Ojuara disse...

É isso João André, ceara-mirim esta de parabéns com a retomada da casa grande do guaporé que encontravase em completo abandono, agora o povo ganha de volta parte da sua história,parabéns pra você também meu caro jornalista João André